9.8.12

aluna vs. trabalhadora


tenho saudades.
saudades de aqui escrever.
saudades de quando andava na escola e tinha férias de Verão tão longas, que nem me dava ao trabalho de saber quando é que elas iriam terminar.
saudades de escrever num caderno, todos os dias: Sumário.
saudades dos intervalos em que descíamos a escada a correr para passar mais tempo na conversa com os colegas.

o caricato de tudo isto é que quase diariamente,
eu escrevo aqui,
tenho férias de Verão que me fazem esquecer tudo o que deixei no trabalho, ou em casa,
mesmo quando regresso, as férias prolongam-se em casa, porque os miúdos vão de férias com a restante família (situações próprias dos filhos de pais divorciados, como são os nossos),
todos os dias escrevo nos meus diferentes cadernos, as tarefas que fiz, que tenho por fazer, e tento planear os meus dias,
faço intervalos e converso com os colegas, sem sempre preciso descer e subir as escadas a correr, mas...

não é a mesma coisa, pois não?

Nota: Acrescentei a fotografia que deu origem às minhas saudades. Quem é que se atreve a descobrir qual delas sou eu? Posso dizer que a fotografia foi tirada no ano lectivo de 1978/79 e que eu teria 6/7 anos.

14 comentários:

  1. Nao Sofia nao é. Naqueles tempos de escola nao tinhamos a responsabilidade que temos hoje.

    Engraçado que hoje no trabalho, pensei isso, tenho saudades de escrever, mas escrever de caneta, hoje em dia é só teclar, nao é a mesma coisa nao.

    É bom recordar, ui se é...

    E sim ás vezes tambem tenho essas saudades, e sabes do que me lembro muito, quando era miuda e neste caso em Africa, as nossas brincadeiras, o saltar á corda, o subir ás arvores, o jogar ao elástico, hoje olho para os miudos, e estao todos agarrados, a um computador, ou a um aparelho.

    Esses momentos passam muitas vezes pela cabeça, mas enfim, agora temos muito mais responsabilidade, a vida cada vez mais dificil, acho que sao esses factores todos que nos poem mais nostálgicas.

    Beijocas x

    ResponderEliminar
  2. Não é, de facto. E o que mais temos por vezes são saudades de nós mesmas. :)

    ResponderEliminar
  3. Não fiquei triste, Carla, apenas saudosa :)
    E eu escrevo com papel e caneta, mesmo no banco, mesmo teclando, não abandono a minha caneta e o caderno, ainda hoje chamaram ao meu caderno - a Bíblia, escrevo lá tudo, porque a cabeça já está mais velhota :))

    Luísa, é mesmo essa a questão, nós mesmas... já não somos as mesmas.

    ResponderEliminar
  4. Sim tb tenho saudades desses tempos em que chegava a ter saudades dos amigos da escola e desejava regressar as aulas, dos amigos das ferias que por vezes nunca mais reencontrava... Esse tempo passou, voou, agora a vida oferece-nos outros entreténs, no meu caso crianças pequenas e reviver um pouco esses tempos

    ResponderEliminar
  5. Pois é Sofia, a vantagem de ser professora é que nunca deixamos de ser alunos. Sofro da excitação do regresso às aulas, reencontrar as colegas, a preparação do meu dossier, este ano até vou fazer uma capa bordada com a minha caricatura! Vivo ao ritmo dos toques para a entrada e para a saída e aproveito ao máximo os nossos pequenos intervalos. Tenho TPCs e tenho de estudar. Tenho neuras na altura dos testes...Adoro visitas de estudo...Enfim, não é a mesma coisa de quando era estudante mas anda lá próximo! Talvez por isso tenha muitos cadernos para tirar apontamentos disto e daquilo;)

    ResponderEliminar
  6. Não, não é a mesma coisa :-)

    E a propósito, tenho uma coisa para te mostrar - lembras-te do caderninho que me ofereceste antes de eu me ir embora????

    ResponderEliminar
  7. É verdade MJL, quando se acompanha os miúdos nos estudos, revivemos diariamente um pouco desse tempo.

    Borboleta, tu és uma sortuda, nesse aspecto, mas também não te invejo a tarefa ardúa de preparar testes, e manter uma sala de aula concentrada e estimulada, diariamente.

    Náná, eram bons, sim, mas estes também o são, já não precisamos de estudar para os testes :)))

    Margarida... conta mais!!!

    ResponderEliminar
  8. Não posso contar. Temos de combinar cafezinho para te mostrar eheheh

    ResponderEliminar
  9. Hallo Ana Sofia!
    Was wäre das Leben ohne Erinnerungen, ohne Sehnsucht nach Vergangenem? Und wie gut ist es, dass wir im Nachhinein erkennen, was
    für eine schöne Zeit wir hatten!!! Das entschädigt für vieles Unangenehme der Gegenwart.
    Und du: obere Reihe, 5. von links,
    roter Pullover, schwarzer Rollkragen
    und kurze schwarze Haare,nao e?
    Beijinhos
    Hildegard

    ResponderEliminar
  10. Nein, nein, Hilde, du brauchst deine Brille!!!
    Ich bin die zweite von links an die untere Reihe!!!
    Die Junge sind an die obere Rehe, es war Silva, ein Jung, dia Maedchen sind an die untere Reihe :)))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Também tenho muitas saudades dessas longas férias de verão, que pareciam nunca mais acabar. Eu até me aborrecia com tantas férias… agora nunca são suficientes!

    ResponderEliminar
  12. Olá Sofia

    As caras estão muito desfocadas, mas aposto que és a menina de jardineira azul e casaco cor de rosa ou então a da ponta, de camisola castanha e calças boca de sino. Que tal?
    Bjs
    Rosa

    ResponderEliminar
  13. Olá primita, segunda em baixo da esquerda para a direita, não há que enganar. Cabelinho curto e casaco castanho. Beijinhos.

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj