5.1.12

Novo Ano, novos...

... hábitos?

Não sei, ainda é cedo para afirmações fortes...

Desde que o ano começou tenho tido uns serões familiares muito agradáveis, por vezes a lêr daquelas histórias que mexem comigo - que me divertem, ao imaginar o "Grande" Fernando Pessoa, assustado com a personalidade e magnitude da poetisa Fernanda de Castro, e que me fazem correr as lágrimas não de tristeza, mas de saudade pelas semelhanças de alguns quadros familiares retratados pela escritora (não sou neta de Viscondes, não se assustem, mas consigo rever esse ambiente de discussão literária que também era muito vivido pela minha Mãe), ou admiração pela forma como a escritora ultrapassa, ou tenta, os momentos espinhosos que a vida lhe deu.



Já tricotei mais umas carreiras de um mini-colete que o Mateus há-de ter, se eu algum dia o acabar a tempo das medidas lhe servirem... enquanto descanso dos dias de trabalho, (que têm sido passados a ouvir queixas da crise e que este ano não há alegrias bla-bla-blá - será caso, como dizia a minha avó, que não consegue ver as coisas por outro prisma?! aproveitem a família, o convívio entre amigos - há melhor que umas boas gargalhadas?!), dizia eu, enquanto descanso dos dias de trabalho, embalada pelas series da RTP2.

Cortei tecidos para terminar alguns presentes que serão entregues no "Chá de Natal" que a nossa amiga Teresa e família preparam anualmente para os amigos de infância do marido, um grupo bem animado do qual o PP faz parte e que muito me acarinharam quando passei a fazer parte dessa "família".

E joguei ao Loto, ou ao Bingo, com as 3 miúdas, fizemos Linha (uma bolacha para as vencedoras, eu ganhei uma) e Bingo (ganharam um chocolate, elas porque eu não fiz nenhum...!!!), após o jantar. E ouvi-as rir só porque sim, ou porque eu dizia os nrs muito depressa e com uma voz de profissional da matéria: Quarenta e um - quatro - um! Vinte e dois - dois patinhos!!! Trinta e três - diga lá outra vez?

E escrevi... nalguns blogs onde me sinto bem..., a alguns amigos que vão explorar novos mundos..., no meu caderninho de pensamentos, apontamentos, esquecimentos, envolvimentos e outros momentos... e descobri que faz agora um ano tinha mais 2,300kg do que tenho agora! O Projecto Felicidade não foi sempre levado a sério, mas consegui terminar o ano com menos peso (a diferença ainda podia ser maior, não fossem a fatias douradas que teimam em não me largar!).

Já percebi o truque para estes serões: planear, ponderar e fazer tudo em pequenas doses!

Um Bom Ano para Vocês e amanhã é dia de Reis ( é o dia do meu apelido, e como diz o meu Pai, e na minha terra, é o dia dos Homens Honrados!)
Se cá vierem, são capazes de comer uma fatia de bolo-rei!

7 comentários:

  1. as minhas miúdas viram a tua carteira (ando com ela com cartões da maquinas ou rolos) e gostaram :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Sofia!
    Na minha escola tenho de evitar certos grupos de colegas que fazem qualquer um ficar super deprimido, a minha colega de história nem se fala!!!
    Já as colegas de ciências e de português ... a conversa é outra, fala-se de plantar a terra, de bons livros da "nossa" grávida que teve o "nosso" sobrinho, damos umas boas gargalhadas e estou pronta para mais uma aula.
    Quando chego a casa parece que chego a um centro de estudos, a Inês está sempre com colegas a estudar para os exames, já a Madalena prefer ir para as Galveias.
    Impera o silêncio, vou para a cozinha e preparo uns lanches especiais!
    À noite só tenho visto séries e lido mas está na altura de pegar nas minhas linhas e agulhas.
    Os teus serões são muito idênticos aos que tenho em casa dos meus Pais ao fim de semana com a criançada toda junta. ADORO!
    Mas isto tudo para te dizer que estou contigo, a aproveitar as coisas simples que a vida me oferece dia a dia;)
    bjns

    ResponderEliminar
  3. Sofia, é isso mesmo! Tristezas não pagam dívidas e há que ver este ano com alguma esperança, e esses momentos simples são mesmo muito especiais! Que mais não seja, enchem-nos a alma!
    Feliz dia de Reis e um bom ano para ti e para a tua família

    ResponderEliminar
  4. Ser positivo... é isso mesmo! E descobrir o prazer das coisas simples. Estou nessa. :)

    ResponderEliminar
  5. Boa Sofia. Ando a tentar fazer o mesmo. tristezas não pagam dívidas e afinal temos uma família bonita e há que aproveitar esse tempo com eles. Jinhos
    Isabel (da feira do Tirolilo)

    ResponderEliminar
  6. este post é muito "boa onda"! Gosto disto! :)

    ResponderEliminar
  7. Ana Sofia: Nem tenho tido tempo para te dar um olá!
    Espero que esteja tudo a correr bem pelo Norte, na tua nova vida! Uma beijoca e diz às miúdas que de onde essa carteira veio, há outras :))

    Sofia: Temos que combinar um serão de agulhas, o que achas?

    Naná: Muito obrigada e tu com esse nosso lindo sol deves estar bem tranquila!

    Luisa: Podemos formar um clube: Mulher positiva, ou algarvias positivas, ou bloggers positivas?! O que importa é manter o espírito!

    Isa: É isso mesmo! Bjns

    Margaridaaaaa!!!! Que bom "ver-te" por aí/aqui de novo!

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj