11.1.12

Hoje

Hoje não estou inspirada, estou "in denial"...
Há dias assim...

Fiquei a saber que faz hoje 19 anos, Ela estava Linda, Radiante, e extramente bem-disposta, no horário das visitas ao hospital... fazia 50 anos!

... e eu estava a estudar fora, na Alemanha... não comemorei com eles o seu último aniversário...

Tenho taaaaaantas saudades, Mãe!

8 comentários:

  1. Sofia, acredita que onde quer que ela esteja olha por ti e pelos teus :-) e, de certeza, não gostaria que estivesses triste.

    ResponderEliminar
  2. Nem sei o que te diga mas acredito que ela estará bem e não te quererá triste.

    ResponderEliminar
  3. Não sou boa a comentar este tipo de mensagens...tou de lágrima no canto do olho! Quando me contaste durante um dos nossos encontros cheguei a casa e contei à Inês que tinha vindo de Erasmus. Como tb teve em riscos de me perder quando fui operada ao meningioma...ficou sem palavras mas no olhar mudo que cruzámos estava presente um só sentimento "Fomos abençoadas, somos felizes,APROVEITEMOS!"
    Sei que a tua Mãe,esteja onde estiver,tem apenas um desejo,a vossa felicidade e que a angústia e dor da perda dê lugar à saudade!

    Obrigada pelo comentário nomeu desabafo nada simpatico,mas estava em dia não.

    Para breve já temos encontromarcado,não esqucer!

    bjns grandes

    ResponderEliminar
  4. Ei! Não pode ser, miúda! Covinhas nas bochechas e a sorrir, porque o teu Anjinho da Guarda está sempre contigo. E tu sabes que é assim... Quem te dá força, sem saberes bem como, quando pensas que já não consegues? Não são só os que andam por cá, porque há ALGO muito superior a tudo isso e, como mãe que és, sabes muito bem que AMOR DE MÃE nunca morre! Beijocas grandes, minha querida.

    ResponderEliminar
  5. Também tenho dessas saudades. Mas o amor é eterno. Pensa nisso, que reconforta.

    ResponderEliminar
  6. Querida Sofia! Só te quero dar um abracinho, bem apertado, de mãe igualmente orfã, como tu.
    Saudade sim, tristeza não!
    A MÃE é um ser imenso, que tem um abraço gigante e um coração quentinho!
    A tua mãe está contigo porque tu a tens no pensamento, na recordação dos momentos, e isso é bom!
    beijinho grande

    ResponderEliminar
  7. Sofia, estaremos sempre in denial... Eu comemorei o último aniversário da minha mãe há quase 17 anos, quando ela completou 55 anos... mas eu já sabia que aquele seria o último...
    As saudades vão sempre existir e nestes dias parecem multiplicar-se por um milhão %...
    Eu costumo sorrir quando me sinto assim, porque sei que ela está sempre a olhar por mim e nunca quis que eu ficasse triste!
    Beijocas

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj