15.2.11

Mãe

Hoje faz anos, muitos, mesmo muitos, para nós parecem séculos!, que a minha Mãe faleceu...

E não é que hoje encontrei uma fotografia dela no Facebook?!
A minha Mãe, entre outras actividades que tinha, cantava no Grupo Coral de Portimão.

Esta fotografia tem muitos anos e eu lembro-me dela ter sido tirada.
Pela expressão se vê que estava empenhada na tarefa - como era hábito em todas as tarefas em que participava!




Está na primeira fila, vestido às riscas... e devia ser a mais baixinha - 1,50m chegava-lhe para enfrentar algumas partidas que a vida lhe pregou!

Não consigo deixar passar este dia em branco...

9 comentários:

  1. Ultimamente tens “marcado” muitos dos meus dias, quando estou mais irritada e vou “refilar” (é que apesar de não ser algarvia, tenho costelas de lá e também sou marafada :)) penso no que escreveste no ultimo post “a manter a boca fechada em tantas ocasiões” e paro um pouco para pensar. Hoje senti um aperto, imagino o vazio... sem a minha mãe. Um Beijinho Sofia!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada a todas pelas vossas palavras!

    Mina: esse aperto a que te referes, sinto-o todos os dias e o vazio é imenso... e não, não passa com o tempo, como me diziam.

    ResponderEliminar
  3. `Fazem sempre muita falta o tempo atenua mas não cura.

    Não me lembro da tua mãe mas é natural que tenha cantado com ela,o coro de Portimão nasceu depois do Coro do Conservatório Regional do Algarve do qual fiz parte entre 73/80.
    Cantámos juntos em vários encontros de Coros. Coincidências

    ResponderEliminar
  4. Não vou dizer que entendo o que sentes, porque tenho a sorte de ter a minha mãe comigo, mas consigo imaginar o quão duro deve ser... um abraço bem apertado para ti Sofia!

    ResponderEliminar
  5. Bem, estava eu aqui a ver o tag 'saudade' e hesitei em comentar...eu tb perdi a minha mãe...e o meu pai. Mas não falo muito sobre isso, acho que não consigo. É, é um buraco e nunca passa, ao contrário daquilo que nos dizem. Está sempre lá, nós é que aprendemos a viver com ele! Bjs...

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj