21.6.10

Venho da Festa...

As festas são sempre assim: vamos muito animadas e voltamos com menos ânimo!


Para quem não teve oportunidade, não se esqueça de marcar a data para não faltar à do próximo ano: é um lugar excelente para ir com os amigos e a família!

Houve imensas actividades, as minhas crianças só foram à tarde, mas ainda conseguiram fazer teatrinhos em papel, assistir aos workshops de danças de salão, vêr oleiros e outros artesãos a trabalhar, divertirem-se a assistir às pequenas representações das personagens de época - as damas e as suas aias,


o casal do povo que veio à "c'dade" ...

as fadas


- e, claro, vieram ajudar nas vendas :))

Essas, mais uma vez, não foram muitas, embora tivesse vendido pela primeira vez a alguém totalmente desconhecido para mim, o que foi entusiasmante! No geral, notou-se bem a crise que o País está a passar. As peças mais elogiadas foram as minhas almofadas em patchwork, mas como eram também as peças mais caras, ficaram "em casa" - só saíram as peças mais pequenas e mais baratas - os saquinhos de cheiros (a alfazema) e os porta-moedas.

Além disso ainda houve mais uma peripécia - os vizinhos do Solar não gostaram que os feirantes (grupo em que naquele dia me incluí) estacionassem muito perto das suas garagens e... toca de chamar a GNR e os reboques - ainda somei uma multa ao cadastro! :((

Mas, como tristezas não pagam dívidas, no dia seguinte "vinguei-me" e numa festa de aniversário de amigos vendi porta-moedas, clutches, carteiras para óculos, carteiras para cartões e umas sacolas de menina. Ah! E ainda recebi encomendas para mais :))

Ora espreitem algumas imagens da minha banquinha:


Como era o WWKNIPD (Dia Mundial de tricotar em público), fui munida com agulhas e lã para me entreter nos tempos mortos! Ahahah!!!

11 comentários:

  1. Olá Sofia:)
    A banca estava bastante convidativa :))
    Tantos trabalhos!!!Como é que arranjas tempo?!Para mim os dias cada vez parecem mais curtos.

    ResponderEliminar
  2. ai Sofia! que burra que sou! (não sei se se pega... o ambiente cá da minha casa!) mas queria tanto ir ver a tua feirinha e conhecer-te! mas... esqueci-me que era neste sábado! Ando para aqui atarefada com uma feirita a que vou no final desta semana!
    desculpa-me!
    quando é a próxima?

    ResponderEliminar
  3. ainda por cima com uma banca tão bonita!
    maas nada de desânimos! Nas feiras é assim! mas sabe bem ser-se elogiada por quem não conhece de lado nenhum.
    Também faça a mesma pergunta que a Borboleta: tanta coisa?!? eu giro tão mal o meu tempo!
    parabéns por tudo!

    ResponderEliminar
  4. concordo! tanto trabalho feito! e a banquinha é mesmo gira. não posso faltar à tua próxima feira, faz favor de não marcar em dia de tricot em público, está bem?

    ResponderEliminar
  5. a tua banca estava mesmo bonita e tu és tão gira!!! :)

    ResponderEliminar
  6. Não se assustem com a quantidade, vou fazendo à noite e a maior parte foi feita nos feriados que o estado ainda nos vai deixando ter :))

    As bancas eram muito giras, todas iguais, só variava a cor da lona na parte superior e pertencem à organização da Festa, o pano de baixo laranja é que é meu, assim como a peça em ganga que estava por baixo das peças.

    Ana: havemos de nos conhecer noutra altura, está combinado! Mas ainda não sei se irei a outra feira... vamos ver!

    Rosário: Eu levei lã e agulhas para tricotar em público, viste? ;)

    Margarida: Tenho tantos sinais como a Cindy Crawford... as medidas é que são outras :))

    ResponderEliminar
  7. Olá mãe,

    A feira foi muito divertida, tinha muitas actividades. Infelizmente não conseguimos fazer todo o que queriamos devido ao tempo.

    A multa é que não foi muito simpática. :[

    Beijinhos
    I.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns Sofia, a tua banca está muito bonita! Obrigada pela tua visita:)

    ResponderEliminar
  9. Encantadora essa ideia!
    Deve ter sido um dia muito agradável e ainda por cima com uma banca cheia de belos artigos. Parabéns pelo trabalho!

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj