11.1.10

Mãe


Mãe há só uma!
É uma frase tão ouvida, mas pouco banal... pelo menos para mim, que infelizmente já não tenho a minha.

Hoje seria o seu aniversário, hoje cantaríamos os parabéns...
Como já não o podemos fazer, vou deixar aqui alguns dos hábitos que tínhamos, alguns dos hábitos da minha Mãe!

Quando a arreliávamos, ou era forçada a dizer as mesmas coisas pela "enésima vez", (expressão que também usava), dizía-nos com um ar mesmo muito irritado, daqueles que só as professoras sabem fazer:
- Aaaaapre!!! Que é demais!

Quando comia uma fruta nova no início do Verão - melância, cerejas, morangos, etc...
- Faça-me Deus nova!

Quando ouvia algo na rádio de que gostava muito -uma frase, um poema, uma receita de culinária que queria guardar
- Pegava no primeiro papel que tivesse à mão, qualquer que fosse e tomava nota - tínhamos notas dessas no verso dos envelopes das contas da àgua ou da luz, nos sobrescritos do banco, nos guardanapos das pastelarias.

Enquanto estudei na Alemanha, cheguei a receber uma carta da minha Mãe toda escrita em guardanapos de pastelaria, daqueles que são tão fininhos que chegam a ser transparentes! São as minhas relíquias, estão bem guardados - quando as minhas filhas forem crescidas, ou quando tiver sobrinhos, ou netos, eles irão conhecer todas as características desta Avó!

Adorava provérbios populares, cantigas e todas as tradições do nosso País e de outros.
Um dos que usava com frequência para nos dizer que não fossemos preguiçosos, que não deixássemos as obrigações para depois era:
- a stitch in time saves nine!

Quando estávamos todo o dia com os amigos e só chegávamos à noite (e nem havia telemóvel), a recepção era:
- Maior fora o dia, maior a romaria!

Quando éramos pequenos, festejava connosco os nossos meios-aniversários, fazía-nos um bolo e enterrávamos a vela até meio - eram 6 anos e meio, por.ex.

E nos caminhos longos, havia sempre jogos e lenga-lengas...
Aqui vai uma barquinha carregadinha de... saudades tuas!

13 comentários:

  1. Bom dia Sofia!!!

    Sei que ando um bocadinho ausente deste mundo virtual, mas hoje não posso deixar de comentar este post!

    PALAVRAS PARA QUÊ??? LINDO!
    Adorei ler estas frases carregadas de amor e saudade!

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  2. Olá mãe,

    Gostei muito deste post. Um dia gostava de ver essas cartas.

    Espero que um dia quando for mãe (se for) que a minha filha escreva um texto tão bonito como tu escreves-te para a avó.

    Adoro-te
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns a mãe que com certeza iria adorar o textinho, cheio de boas recordações =)

    Meios aniversários é só mesmo de quem ama, para aquem ama, muito, muito.

    ResponderEliminar
  4. Hallo Mama!
    Ist es nicht schön- trotz allem- Mutter zu sein und unseren Kindern die Liebe und Freude, die wir von unserer Mutter empfangen haben, an sie weiterzugeben?
    Ich denk auch oft an meine maezinha, sie fehlt auch mir. Du bist ihr in vielem sehr ähnlich, eine gute Mutter. ich denke an dich
    Hildegard

    ResponderEliminar
  5. Hallo, Hilde!

    Desta maneira, wir können beide, und Pedro auch, an unsere Mãe erinnern.
    (Ich denke dass wir haben alle ein bischen von sie - ich, Pedro und du auch!!)

    Es freut mich sehr dass du hier schreibst!

    ResponderEliminar
  6. Juca e Cherry: Obrigada pelo vosso mimo!

    Filha I.: a Mãe adora-te!!!
    E tu sabes.

    ResponderEliminar
  7. Parabéns para ti, pela tua mãe, pelo excelente post, pela tua filha.

    beijinhos
    Pat.S.

    ResponderEliminar
  8. Beijinho grande, lindo...

    ResponderEliminar
  9. São muito bonitas as tuas palavras de Saudades. Bem hajas por partilhares momentos da tua infância:)

    ResponderEliminar
  10. Lindo este post! e ainda mais bonito é o comentário da Filha I :) :)

    obrigada pela partilha!
    margarida

    ResponderEliminar
  11. Foi o primeiro que li e as lágrimas que tinha presas soltaram-se... por ti e por mim... partilho algumas das tuas memórias e ao ler a tua saudade senti-me de volta a um tempo que já não vem mais mas que, cada vez mais, reconforta lembrar-nos dele porque nos diz o que e quem é importante!
    Gostei muito de visitar a tua casa, prima! Vou voltar, com certeza!
    Beijinhos para todos os Piratas!
    Alexandra

    ResponderEliminar
  12. E olha, assim me cairam lágrimas rosto a baixo.
    Lindo, este teu testemunho... Lindo!

    ResponderEliminar

Se estás aí, diz qualquer coisa, sou curiosa, gosto de saber o que pensas.
Bj